quarta-feira, 19 de maio de 2010

Não há nada a ser esperado. Nem desesperado.

“Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio. Não compreendo como querer o outro possa pintar como saída de nossa solidão fatal.” C.F.A.

As coisas passam, os sentimentos mudam, as pessoas evoluem. E eu queria muito poder ver isso tudo em você. (Percebeu que eu to pedindo pra que não se afaste de mim né?)

Eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento e tive a infeliz ideia de te contar.

Carolina Tardivo.

3 comentários:

  1. =s
    n gosto desses q eu me identifico ><

    ResponderExcluir
  2. belo post! sua visão nesse texto desperta reflexões em nós mesmos. parabéns! :D

    ResponderExcluir